DIANÉTICA = do grego DIA, através, e NOUS, mente ou alma.

O que é Dianética. Artigo de Jorge Carlos Jucoski.

Apesar de ser muito mais simples do que a Física ou a Química, esta é comparável com esses ramos da ciência em termos de exatidão dos seus axiomas e encontra-se num escalão de utilidade consideravelmente superior.

A fonte de todas as doenças psicossomáticas e de toda aberração humana foi descoberta e foram desenvolvidos métodos para a cura invariável de ambas.

ANSIEDADE, INSEGURANÇA, MEDOS, STRESS… ISSO PODE SER APAGADO!

São causadas pela mente reativa. Se alguma vez sentiu que existia um inimigo oculto arruinando seus planos e impedindo que atingisse seus objetivos na vida, você estava certo. A verdade é que há uma única causa para todos os seus problemas. Chama-se mente reativa. É a parte da sua mente que age contra você, sem o seu conhecimento nem controle.

“O conhecimento não destrói uma vontade de viver. É a dor e a perda do autodeterminismo que destroem essa vontade. A vida pode ser dolorosa. A aquisição de experiência é, com freqüência, dolorosa. Reter essa experiência é essencial. Mas não continuará a ser experiência, mesmo que não tenha dor?

O que é Dianética?

Suponha que você pudesse apagar da sua vida toda a dor, física ou de outro tipo, que tivesse acumulado. Seria assim tão terrível ter que separar-se de um coração partido ou de uma doença psicossomática, ou de medos, ansiedades e temores?

Suponha que uma pessoa, com tudo o que hoje sabe, tenha a oportunidade de enfrentar de novo a vida e o universo e dizer que seria capaz de vencê-los. Recorda-se de um dia, quando era mais novo, em que acordou e viu o orvalho a cintilar sobre a relva e as folhas, e o Sol dourado a brilhar sobre um mundo feliz?

Recorda-se quão belo e agradável isso foi noutros tempos? O primeiro beijo meigo? O calor da verdadeira amizade? A intimidade de um passeio a cavalo sob o luar? O que é que fez com que o mundo deixasse de brilhar?

Os óculos são um sintoma do declínio da consciência. Uma pessoa precisa ter a vista reforçada para que o mundo pareça mais brilhante. A perda da capacidade de se mover rapidamente, tal como corria quando era criança, é um declínio da consciência e da capacidade.”

A inconsciência total é a morte. A meia inconsciência é meia morte. Um quarto de inconsciência é um quarto de morte. E à medida que uma pessoa acumula a dor que acompanha a vida e deixa de acumular prazeres, ela vai gradualmente perdendo sua corrida contra o cavalheiro da foice.

E resulta, finalmente, na incapacidade física de ver, de pensar e de ser, conhecida como morte. Como é que uma pessoa acumula essa dor? E caso se livrasse dela, recuperaria a consciência plena e um conceito total e brilhante da vida? E existe alguma forma de se livrar dela?”

L. Ron Hubbard

Jorge Carlos Jucoski
(11) 98442-2953

O que é Dianética. Artigo originalmente publicado em http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=15495

DEIXE UMA RESPOSTA