Audição é um nome específico da terapia de Dianética e significa “ouvir”.

Sem conselhos nem hipnose. Artigo de Jorge Carlos Jucoki, publicado em https://www.linkedin.com/pulse/terapia-de-dian%C3%A9tica-voc%C3%AA-ser%C3%A1-ouvido-sem-conselhos-nem-jucoski

Durante a Terapia de Dianética, o auditor não dará conselhos para você, mas o ouvirá dirigindo sua atenção para incidentes do seu passado que contém dor e inconsciência. O propósito da audição é liberá-lo das cargas que vem trazendo e que estão travando sua vida pessoal e profissional.

Basta dar o primeiro passo

Você marca um horário e vem até o meu consultório. O auditor o receberá em uma sala aconchegante e muito silenciosa. Você sentará numa confortável poltrona de frente para ele onde conversam por algum tempo sobre como a Dianética funciona. Você poderá expor seus objetivos e falar sobre o que quer resolver e o auditor falará sobre como poderá ajudá-lo.

A Dianética não usa a hipnose. O paciente tem conhecimento de tudo e fica em pleno controle de si mesmo sendo capaz de retornar ao presente sempre que quiser.

Na sessão de Dianética o auditor pede para você fechar os olhos e retornar a alguns momentos de dor e inconsciência do seu passado. Trabalhamos em cima desses momentos para que sejam apagados. Não significa que você irá se esquecer deles, mas sim que a carga que eles trazem para você vai desaparecer porque aplicamos uma tecnologia exata que nos permite liberar sua memória de cargas negativas, dores e emoções do seu passado.

Depois da sessão você se sente leve, feliz e preparado para enfrentar as situações do dia a dia com mais facilidade e equilíbrio.

Como funciona a nossa mente

Nossa mente funciona como um computador com 2 divisões principais – a mente analítica e a mente reativa. A mente analítica possui seus próprios bancos de memória e para operar precisa de dados – percepção, memória e imaginação. Os dados contidos nos bancos de memória padrão estão gravados na nossa mente não interessando se foram gravados corretamente ou não. Cada percepção visão, som, cheiro, toque, gosto, sensação orgânica, dor, ritmo, cinestesia (peso e movimento muscular) e emoção é gravada nesse banco de memória padrão, na íntegra. Primeiro são gravadas e depois analisadas.

Quando você vive uma situação que o abala, imediatamente sua mente registra a dor daquele momento. Isso se chama Engrama. Essas informações não foram avaliadas pelo consciente e, futuramente, podem ser reativadas por circunstâncias semelhantes aquelas que que causaram a dor.

Assim, sempre que você viver uma situação que lembre aquele momento original você pode entrar em pânico e pode sentir reações psicossomáticas no seu corpo como aceleração dos batimentos cardíacos, por exemplo.

Rosalva

O papel da Terapia de Dianética é apagar a carga de dor física ou emocional dos incidentes traumáticos que você experimentou. Para cortar esse circuito, e eliminar o Engrama, é necessário descarregar o conteúdo gravado no banco de dados da nossa mente. Livre das memórias negativas de dor e sofrimento passamos a reagir às situações do dia a dia com mais leveza e sentindo somente o que cada situação está nos trazendo. Então, quando você passar pela situação novamente seu banco de memórias estará livre e será como se vivesse aquela experiência pela primeira vez. Nada mais estará gravado. Sem memórias, sem dores, sem sensações. Não ficará o resto do dia esperando que algo horrível aconteça. Terá força e serenidade para reagir às novas situações de forma positiva e segura.

Faça uma audição de Dianética com a Rosalva Skripka, auditora do Centro Avançado de Dianética que alcançou, recentemente, o estado de CLEAR, por meio das audições. Ela terminou o curso de capacitação para levar outras pessoas a alcançarem o estado CLEAR. Isso significa que ela faz parte das chamadas “ilhas de racionalidade e harmonia” podendo, inclusive, compartilhar sua capacidade e conhecimento com os demais auditores de Dianética. Segundo Rosalva, “o CLEAR não é uma condição especial de ser, mas sim uma condição natural de existência. A condição de CLEAR é um resgate da capacidade, da inteligência e da vitalidade do ser humano livre dos problemas”.

Sem conselhos nem hipnose

E se você pudesse ajudar outras pessoas a melhorar suas vidas também? Você é nosso convidado para vivenciar uma audição de Dianética, totalmente sem compromisso, apenas para conhecer!

Conheça o Centro Avançado de Dianética e os auditores que vão te auxiliar a encontrar o seu “EU”, removendo as travas emocionais negativas que o impedem de superar os desafios pessoais e profissionais por meio do autoconhecimento. Estamos na Vila Mariana, perto do metrô, na Rua Afonso Celso, 66, em São Paulo. Fones: 11. 3881.2953 | 11 98442.2953.

Sobre o autor

Jorge Carlos Jucoski é terapeuta, diretor executivo e auditor do Centro de Treinamento Avançado de Dianética. Foi eleito 5 vezes melhor auditor do mundo pela I Help International. Contato: jorgecjucoski@gmail.com

Sobre a Dianética

logotipo-centro-avancado-de-dianetica-oficial-2016A Dianética foi fundada pelo escritor e filósofo L. Ron Hubbard que começou seus estudos sobre mente humana, em 1923. Naquela época ele fazia longas viagens e teve a oportunidade de estudar muitas culturas em todo o mundo. Fez pesquisas científicas, desenvolveu e testou a primeira tecnologia funcional do homem sobre a mente. Em 1950, Hubbard escreveu Dianética: O Poder da Mente sobre o Corpo, uma obra abrangente detalhando as suas descobertas e técnicas. É o primeiro e único manual definitivo da mente. Escreveu sua filosofia em mais de 5 mil escritos e tem mais de 3 mil conferências gravadas. O livro tornou-se num best-seller e figurou na lista do New York Times durante quase quatro décadas depois da sua publicação original. Ele continua a aparecer nas listas de best-sellers em todo mundo.

Até a próxima semana!

DEIXE UMA RESPOSTA